Página inicial português Inscreve-te ou regista-te na HDYO Crianças Adolescentes Jovens Adultos Pais DHJ Amigos Profissionais Notícias Sobre Nós Vídeos Livros Investigação na DH Angariação de Fundos Eventos Faz uma Pergunta Expressão Criativa Apoio Local Serviço de Juventude da HDYO Ligações Contact Us Termos Privacidade Idioma Mapa do Site Donativos Loja

Existe alguma medicação que ajude o meu sobrinho que tem a DHJ?

November 14, 2015

Huntington's Disease Youth Organization

A HDYO tem mais informação sobre DH disponível para jovens, pais e profissionais no nosso site:

www.hdyo.org

Existe alguma medicação que ajude o meu sobrinho que tem a DHJ?

P. Tenho um sobrinho de 10 anos que tem DHJ, ele está no hospital, entubado, e está a sentir imensas dores. Os médicos estão a dar-lhe medicação para controlar a dor e as convulsões. Existe alguma medicação que o possa ajudar?

Viviane

Ask a question

R. Cara Viviane,

Obrigado pela tua questão. O teu sobrinho tem DH Juvenil, que pode causar ataques epilépticos, rigidez muscular dolorosa causada por espasticidade ou distonia, assim como todos os outros sintomas de uma DH adulta. Poderão existir outras causas para a dor que não seja a rigidez muscular, mas não posso falar sobre isso porque não conheço este caso. Se ele está entubado, poderá ter também uma grave fraqueza nos músculos envolvidos na deglutição ou na respiração ou em ambos.

A epilepsia no início da DH Juvenil é normalmente muito difícil de controlar, mesmo com a medicação anti-epiléptica actual. No entanto, existem alguns medicamentos que são muitas vezes eficazes. Estas incluem valproato, clonazepam e levetiracetam. Também existem outros.

O tratamento das dores depende da causa da dor. Se a dor for provocada por espasmos musculares, então o clonazepam é eficaz a aliviar as dores musculares, assim como no controlo das convulsões. No entanto, se existe outra causa para a dor, o clonazepam não será eficaz e ele precisará de outro tratamento para a dor.

Espero que este email seja útil numa situação que deve estar a ser muito perturbadora para toda a família e para o teu sobrinho,

Andrew