Página inicial português Inscreve-te ou regista-te na HDYO Crianças Adolescentes Jovens Adultos Pais DHJ Amigos Profissionais Notícias Sobre Nós Vídeos Livros Investigação na DH Eventos Angariação de Fundos Faz uma Pergunta Expressão Criativa Apoio Local Serviço de Juventude da HDYO Ligações Contact Us Termos Privacidade Idioma Mapa do Site Donativos Loja

O meu pai não tem o gene, é possível que eu tenha?

December 4, 2013

Huntington's Disease Youth Organization

A HDYO tem mais informação sobre DH disponível para jovens, pais e profissionais no nosso site:

www.hdyo.org

O meu pai não tem o gene, é possível que eu tenha?

P. A minha avó teve doença de Huntington, o seu primeiro filho teve, depois saltou a minha tia, depois o terceiro filho teve e por fim saltou o meu pai. O meu pai fez o teste e não tem o gene. É possível que eu venha a ter doença de Huntington?

Louise, 16 anos

Ask a question

R. Olá Louise,

Não, se o teu pai fez um teste genético para a doença de Huntington e o resultado foi normal, quer dizer que o teu pai não vai desenvolver DH no futuro, nem tu (ou qualquer dos irmãos que possas ter), nem mesmo futuros filhos. Portanto, Louise, isto são boas notícias para ti e para o teu pai.

Talvez tenhas interesse em saber mais sobre a forma como a doença de Huntington é transmitida nas famílias? Se sim, podes ir à ligação http://en.hdyo.org/tee/articles/61, no site da HDYO. Ajudará a explicar a razão pela qual alguns dos filhos da tua avó desenvolveram DH e outros não.

Essencialmente, todos os nossos genes (instruções hereditárias) vêm aos pares, já que herdamos uma cópia de cada um dos nossos progenitores. Como sabemos, a tua avó teve doença de Huntington, ela teria uma cópia normal do gene da DH e uma cópia mutada do gene da DH. Esta é a razão pela qual, ao chegar a altura da tua avó ter filhos, ter existido uma probabilidade igual para cada vez que ela teve um filho, quer tenha transmitido a cópia normal, quer a cópia mutada do gene da DH (no caso do teu pai, e segundo o teu email, ele herdou a cópia normal). O risco foi o mesmo para homens ou mulheres e não teve importância a ordem de nascimento, ou seja, ser o mais velho ou o mais novo.

Por favor, fica à vontade para colocares perguntas e talvez queiras falar também com o teu pai. Por vezes, mesmo quando as pessoas já não estão em situação de risco, querem compreender a DH e como ela afectou a própria família.

Rhona